Detectamos que você está usando um plugin que bloqueia as propagandas do nosso site (AdBlock Plus, Avira Browser Safety ou similar). Ao usar esse tipo de plugin, você está contribuindo para que o nosso site saia do ar, pois precisamos das propagandas para pagar nossos custos. Por favor, desabilite esse plugin para poder acessar o nosso site. SEMPRE QUE POSSÍVEL CLIQUE NO BANNERS PARA AJUDAR O SITE !

Eu te vejo – Trilogia dei sensi #01 – Irene Cao

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrDigg thisPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone
Eu te vejo - Trilogia dei sensi #01 - Irene CaoApesar de apaixonada pela arte e pelas cores de Veneza, cidade onde vive, a jovem restauradora Elena Volpe tem seu coração como uma tela em branco, pois nunca viveu uma grande paixão. Com 29 anos, a protagonista de Eu te vejo, primeiro volume da trilogia best-seller na Itália, tem a sua vida transformada com a chegada de Leonardo Ferrante, um famoso chef de cozinha e o mais novo inquilino do palácio onde trabalha na restauração de um afresco.
O encontro com Leonardo abala suas certezas, abrindo as portas de um paraíso inexplorado. O chef sabe que o prazer é uma conquista para todos os sentidos – tem uma forma, um odor, um sabor – e guiará Elena até os limites mais doces e extremos do sexo, mas sob uma condição: nunca deverá se apaixonar por ele. A jovem aceita a proposta e deixa-se seduzir por este homem de passado misterioso, que parece fugir de seu desejo de prendê-lo a ela para sempre.
Em Eu te vejo, Irene Cao revela uma trama de escrita suave, como o pincelar cuidadoso de uma restauração, e saborosa, como a gastronomia italiana. Tendo como cenário a exuberante cidade de Veneza, o volume um da primeira trilogia erótica italiana traz todos os sentidos envolvidos na paixão entre Elena, uma mulher que não conhece o amor, e Leonardo, um homem que só conheceu o lado mais obscuro desse sentimento.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrDigg thisPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone

“Eu não me importo com o que os outros pensam sobre o que eu faço, mas eu me importo muito com o que eu penso sobre o que eu faço. Isso é caráter.” - Theodore Roosevelt



Os comentários estão fechados.